Encontre aqui

Notícias

12 de Novembro de 2015 às 10h45

Barbearias voltam com tudo e se tornam os novos refúgios masculinos

Conheça três endereços na zona sul que atraem cada vez mais clientes com atendimento especial e decoração retrô

Até pouco tempo, quem pensava em barbearia já imaginava aquele lugar simples, parado no tempo e com serviços bem tradicionais. A decadência se deu, principalmente, pelo surgimento da lâmina de barbear descartável e dos kits para cortar cabelo em casa. Assim, os homens que não queriam se cuidar por conta própria se renderam aos ambientes femininos dos salões unissex, perdendo aquele espaço que tinham antigamente para relaxar, beber e conversar sobre futebol, política e mulheres.

Mas esse cenário vem mudando nos últimos anos com o novo modelo de negócio que tem se espalhado tanto em São Paulo quanto nas principais metrópoles do mundo. São lugares modernos, com um grande investimento em decoração e atendimento exclusivo, com muitos mimos para uma clientela exigente – composta somente por homens. Tudo para resgatar o clima das clássicas barbearias que tiveram seu auge nas décadas de 1940 e 1950.

Conheça três desses refúgios masculinos na zona sul:

Barbearia Corleone

Quando as cadeiras encontradas em antiquários se reclinam, os homens recebem um chope como cortesia e aí começa a arte da barbearia. Uma toalha quente no rosto, uma massagem facial e os melhores cremes e espumas preparam o cliente para as navalhas (todas descartáveis, para garantir a higiene). Essa experiência, porém, é para quem pode desembolsar R$ 50 para fazer a barba ou R$ 110 pelo corte de cabelo.

O ambiente requintado recria o clima das barbearias nova-iorquinas típicas dos filmes da máfia. Na área de espera, um lounge bar (aberto mesmo para quem não utilizará o serviço da barbearia) instiga um bate-papo amigável acompanhado de pequenas porções, drinks e uma cervejinha escolhida entre os 450 rótulos disponíveis. “Buscamos a valorização das barbearias antigas, mas sem perder a linguagem contemporânea”, resume o empresário Bruno van Enck.

R. Nova Cidade, 26, Vila Olímpia. (11) 3044-2332. De ter. a dom., das 9h às 21h.

R. Dr. Renato Paes de Barros, 390, Itaim Bibi. (11) 2538-8009. De seg. a sex., das 10h às 20h; sáb., das 10h às 18h; dom., das 9h às 18h.

O Barbeiro da Esquina

O espaço foi aberto em julho deste ano pelo ex-diretor de marketing Vinicius Danieli. Por lá, o clima é bastante descontraído e tem ar de rock'n roll, com pôsters, livros, música ambiente e objetos inspirados em astros da música.

A barbearia não comercializa bebidas, mas dá cerveja ou refrigerante de cortesia para o cliente. Além disso, disponibiliza um Ipad pelo qual é possível escolher o estilo de barba e ver as últimas tendências de corte. O cabelo custa R$ 60 e a barba sai por R$ 50, mas homens acima de 60 anos têm 20% de desconto de segunda a quarta-feira.

“Meu objetivo é que o cliente se sinta bem com os nossos serviços. Investimos em técnicas, produtos e aromas, damos atenção especial para o cabelo e a barba, usamos toalhas quentes e navalha”, comenta o empreendedor.

Av. Jacutinga, 270, Moema. (11) 9-9774-7000. De seg. a sáb., das 10h às 20h; dom., das 10h às 16h.

Garagem Barbearia

Uma grande variedade de serviços estéticos é o que diferencia o local inaugurado em agosto de 2001, em Moema. Segundo o proprietário Enrico Montes, os mais procurados são corte de cabelo (R$ 90), barba (R$ 55), limpeza de pele (R$ 150), podologia (R$ 90) e massagem (R$ 140). A primeira cerveja é grátis e os clientes também ganham 10% de desconto no primeiro atendimento.

Hoje a barbearia já conta com cinco unidades em São Paulo, que seguem o mesmo padrão decorativo: cadeiras de barbeiro antigas e muitas fotos de carros e motos. A última filial aberta faz parte do Johnnie Wash, na Vila Olímpia, um megacomplexo que reúne barbearia, bar, oficina de customização de motos, lava-rápido e espaço aberto com food truck.

R. Prof. Atilio Innocenti, 731, Itaim Bibi. (11) 3044-6551. De seg. a sex., das 10h às 21h; sáb., das 9h às 19h.

Av. Agami, 183, Moema. (11) 5052-7511. De seg. a sex., das 10h às 21h; sáb., das 9h às 19h.

R. Gomes de Carvalho, 815, Vila Olímpia. (11) 96174-4389. De seg. a sex., das 10h às 21h; sáb., das 9h às 19h; dom., das 10h às 15h.

indicas.com.br

COMENTÁRIOS