Encontre aqui

Notícias

22 de Outubro de 2014 às 12h48

Aluguel de brinquedos

Site incentiva que crianças tenham uma maior variedade de brincadeiras, mas evitando o consumo desenfreado

Imagine não ter que comprar brinquedos novos a cada vez que seus filhos enjoarem deles. E conseguir alugá-los e ficar com eles o tempo que achar necessário, com a possibilidade de trocar por novidades a cada mês. Essa é a proposta do site Joanninha, criado em 2011 pelas publicitárias Alessandra Piu Sevzatian e Anna Fauaz para desestimular o consumo excessivo e proporcionar às crianças uma maior variedade de brincadeiras, alimentando sua criatividade.

“A gente acredita que a qualidade, a variedade e a quantidade de brincadeiras durante a infância estão fortemente ligadas ao desenvolvimento físico, psíquico, intelectual e emocional de todas as crianças. No entanto, o brincar de hoje é muito consumista e não é raro vermos crianças se desinteressarem por brinquedos que ganharam há pouco tempo”, explica Alessandra Piu.

Os pais que quiserem entrar nessa onda devem se inscrever no site e assinar um dos pacotes oferecidos. Cada plano dá direito a um número de “joanninhas”, que são uma moeda de troca para alugar um brinquedo específico. Por exemplo: uma ovelhinha de balanço custa duas joanninhas, enquanto uma casa de bonecas sai por cinco joanninhas.

O menor plano é o de 4 joanninhas, sendo seu valor da assinatura R$ 95 mensais. O maior dá direito a 10 joanninhas por R$ 180. Os cadastrados têm direito a “gastar” suas joanninhas uma vez por mês, mas não têm a obrigação de trocar os brinquedos, já que não há prazo limite de devolução – se os pequenos ainda estiverem se divertindo é só continuar com eles.

Todos os brinquedos do site são educativos e feitos essencialmente com madeira de reflorestamento, bambu e tinta atóxica. A seleção das sócias também leva em consideração a relação inteligente que as crianças terão com aquela brincadeira. “Nosso propósito é incentivar um brincar sustentável que desenvolva as habilidades infantis e que, ao mesmo tempo, promova a reutilização e o consumo compartilhado de brinquedos”, destaca a sócia.

Acesse: www.joanninha.com.br

indicas.com.br

COMENTÁRIOS